Coral Piteri

Pedido de casamento: como financiar a sua festa?

Pedido de casamento

Recorrer à família ou solicitar crédito ao consumidor em um banco não é a única opção para casais que procuram ajuda para financiar um pedido de casamento. 

Em primeiro lugar, a noiva e o noivo devem avaliar quanto o casamento deles lhes custará.  

Este primeiro passo, logo após o pedido de casamento, é essencial para medir adequadamente suas necessidades de financiamento.  

Isso é ainda mais importante para os casais que pretendem aproveitar suas economias para pagar as contas: identificar o orçamento geral do casamento permitirá que eles se organizem melhor financeiramente. 

Afinal, depois do pedido de casamento vem a cerimônia, e ela não é tão barata! 

O custo médio de um casamento no Brasil é de R$40 mil reais.  

De qualquer forma, mesmo que o seu casamento seja mais barato, é importante se planejar com antecedência para não ter nenhuma surpresa. 

Pedido de casamento: as despesas que vêm depois 

Para calcular seu orçamento de casamento, você deve levar em consideração as seguintes despesas: 

– A reserva do salão de recepção: esse é um item de despesa crucial para a organização do casamento. A noiva e o noivo devem ter cuidado para não gastar muito nesse sentido, para não ter dificuldades com o restante.  

De um modo geral, você deve evitar gastar mais de 50% do seu orçamento em reservas. Se possível, é melhor estudar várias opções e escolher uma que não desestabilize o financiamento do casamento. 

– Refeição: pode ser paga pela sala de recepção e deve ser negociada como parte de um serviço geral. Caso contrário, você terá que procurar por um fornecedor. Antes de tudo, é essencial conhecer o número de convidados e as refeições a serem servidas. 

– Traje, vestido de noiva, alianças: tudo depende dos gostos da noiva e do noivo. Os preços de ternos, vestidos de noiva ou anéis de casamento variam muito de acordo com o fabricante. 

– Taxas de recepção: o custo do envio de convites deve ser levado em consideração. Para a recepção em si, sem dúvida será necessário contar com uma orquestra de casamento e um fotógrafo para gravar o momento. Por fim, não negligencie certas despesas, como a decoração da sala. 

– O custo da lua de mel. Preparamos um artigo com vários destinos como dica. Você pode conferir clicando aqui! 

Financie seu casamento com um empréstimo 

Pedido de casamento

Casais que têm pouca economia ou não podem procurar ajuda parentes podem recorrer aos bancos.  

Os empréstimos ao consumidor podem ser utilizados para financiar um casamento. Dessa forma, os noivos podem obter a quantia necessária para atender às várias despesas futuras.  

No entanto, o crédito ao consumidor não é necessariamente uma solução ideal. 

Isso porque não é difícil contrair uma dívida, especialmente se o casal não está bem financeiramente.  

Além disso, o valor emprestado pode ser insuficiente para cobrir todas as despesas. Simulações online ou uma reunião com um consultor bancário podem ajudá-los com isso. 

Ajuda da família para financiar seu casamento 

As pessoas que têm essa opção podem, é claro, procurar soluções financeiras em suas famílias.  

Em geral, são os pais da noiva e o noivo que estão envolvidos: os outros convidados podem participar durante a noite, com uma cesta para coletar suas doações.  

Isso pode substituir os presentes de casamento tradicionais e ser usado para pagar parte ou toda a lua de mel. 

Antes de pedir ajuda aos pais (se eles mesmos não oferecerem), é essencial identificar a necessidade de financiamento. Em alguns casos, a ajuda familiar será apenas um complemento, caso você decida por um financiamento menor no banco. 

Como lembrete, as doações de dinheiro de um pai para seu filho estão isentas de impostos até o limite de R$64 mil reais. O mesmo vale para doações de dinheiro dos avós. 

Casamento patrocinado para reduzir seu orçamento 

Esta solução não agrada todo mundo, mas é possível ter o seu casamento patrocinado por uma empresa ou marca.  

Em troca dessa visibilidade com a assistência, a empresa oferece seus serviços gratuitamente ou a um preço reduzido.  

Também pode participar do financiamento geral da cerimônia. Cabe aos noivos abordar as empresas e apresentar seu projeto a elas para convencê-las.  

Para facilitar os contatos, é recomendável publicar algum tipo de anúncio para o casamento (em uma página da Internet, blog etc.).  

Sites especializados também existem para facilitar as conexões. Os termos do patrocínio são sempre determinados com o acordo da noiva e do noivo. 

Crowdfunding para seu pedido de casamento 

Por fim, o desenvolvimento do financiamento coletivo, ou financiamento participativo, também é uma solução para o seu pedido de casamento.  

Casais que procuram maneiras de financiar a festa podem montar uma lista de casamento participativa: em vez de colocar as mãos nos bolsos para comprar presentes tradicionais, os convidados podem participar do pagamento do quarto, do casamento, da festa, da contratação de uma orquestra para casamento, etc.  

Para que isso funcione, é essencial publicar esta lista com vários meses de antecedência e distribuí-la aos convidados.  

E então, você gostou das soluções para financiar o seu pedido de casamento? 

Conheça mais os serviços da Coral Piteri, especializada em orquestras para casamento! 

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *