Coral Piteri

Gabriella Rossi

Cantora do Coral Piteri

Sobre a Gabriella

Soprano paulistana, bacharel em Canto pela UNESP e formada pelo Ópera Estúdio da EMESP, na classe de Mauro Wrona. Em 2011 foi cantora do Centre de Perfeccionament Plácido Domingo em Valencia – Espanha, onde teve a oportunidade  de se apresentar no Teatro Martin I Soler e no Palau de la Musica. Atualmente estuda sob orientação de Isabel Maresca. 

Participou de diversos festivais e workshops, destacando-se 37º e 38º Festival de Inverno de Campos de Jordão, no qual teve a oportunidade de participar do masterclass com Dame Kiri Te Kanawa. 

 

Em Novembro de 2011, foi Fata Morgana da ópera “O Amor das Três Laranjas”, de Prokofiev em montagem da Orquestra Petrobrás Sinfônica no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob regência de Isaac Karabitchevsky.

 

Fez sua estréia internacional no Festival Gilbert & Sullivan – Inglaterra, no papel da protagonista Josephine da ópera “H.M.S. Pinafore”, sendo premiada com o Adjuricator’s Award. 

 

Em 2010, ganhou o 2º. Lugar no Concurso Nacional de Canto Lírico/Ópera da Escola de Música da UFRJ, Prêmio Musica no Museu e Prêmio Orquestra Petrobras Sinfônica. Em 2012 foi premiada com a Primeira Menção de Honra no Concurso Internacional da Cidade de Trujillo – Peru e, em 2013, foi premiada como a Melhor Voz Feminina do VI Concurso Estímulo para Cantores Líricos em Campinas – SP.

 

Em Setembro de 2014, interpretou Desdemona da Ópera Otello, de G. Verdi, no Festival de Música do Theatro da Paz, Belém –Pará. Sob direção cênica de Mauro Wrona e direção Musical de Silvio Viegas. 

 

Em 2015, foi a única artista sul-americana  selecionada em para participar do Concurso Internacional de Canto Lírico Renata Tebaldi, realizado em San Marino em Setembro.

 

Em 2018, apresentou-se na ópera O Cavaleiro da Rosa, se R. Strauss, apresentada no Theatro Municipal de São Paulo, sob regência de Roberto Minczuk. 

Como membro da Cia. Ópera Curta, da Casa da Ópera, interpreta Mimi em  “La Boheme” de G. Puccini, Micaela em “Carmen” de Bizet e Violetta em “La Traviata” de G. Verdi,  sob Direção Cênica de Cleber Papa e Direção Musical de Luis Gustavo Petri. 

 

Trabalhos Realizados

Galeria